Proporção de adultos que empreendem no estado passa de 26% para 31,5% em apenas 2 anos

Por Carlos Mânica, em 2 de setembro de 2019

A pesquisa Global Entrepreneurship Monitor (GEM 2018), realizada pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado (Sebrae-RS), mostra que a população adulta do Rio Grande do Sul que tem negócio próprio passou de 26% para 31,6% entre 2016 e 2018. O estudo foi feito por amostragem, com 2.094 entrevistados entre 18 e 64 anos.

De acordo com os dados, dois em cada três empreendedores o fazem em razão de terem visto uma oportunidade de mercado. Apenas um em cada três abriu um negócio por necessidade, ou seja, por não ter encontrado outra fonte de renda.

— Esses dados são positivos porque o empreendedor por oportunidade tende a se preparar melhor, analisa mais o mercado. E a chance de o negócio dar certo é maior — avalia André Vanoni de Godoy, diretor-superintendente do Sebrae-RS.

Ele sugere que o crescimento de quase seis pontos percentuais na taxa de empreendedorismo (ou seja, a proporção de adultos que têm negócio próprio) gaúcha pode indicar que os trabalhadores estão enxergando com mais confiança a retomada da economia

— Os dados compreenderam um período de alternância no governo federal, em que algumas mudanças foram feitas na economia. Como o empreendedor vive de expectativas, é possível que estas mudanças tenham encorajado mais gente a abrir sua empresa — afirma Godoy.

Confiram mais sobre a matéria na íntegra: https://gauchazh.clicrbs.com.br/educacao-e-emprego/noticia/2019/08/proporcao-de-adultos-que-empreendem-no-estado-passa-de-26-para-316-em-dois-anos-cjzw10zjg079901qmidiwsnet.html

 

Carlos Mânica Carlos Mânica